Buscar
  • Gustavo Gonçalves

Luxo é perder dinheiro por não investir em design!

Atualizado: 15 de Mai de 2019

Se você acha que design é luxo, pode começar a economizar agora mesmo. Basta não ir mais ao salão de beleza. Deixe o cabelo crescer, perder o corte, ganhar pontas duplas, ficar quebradiço. Também não precisa mais comprar roupas. Use as de sempre, mesmo que estejam puídas ou esgaçadas. Afinal, se é luxo e supérfluo, por que cuidar do visual?

Design é aparência. É como a marca – ou você – será percebida e lembrada. É responsável por criar empatia imediata ou rejeição permanente.


JAGUAR E BIC


Sempre penso em uma frase perfeita do CEO da Jaguar Land Rover, o alemão Ralf Speth: “Se você acha que um bom design é muito caro, você deveria olhar para o custo de um design ruim”. Nem preciso falar sobre o quanto a Jaguar entende de design, beleza e encantamento.

E aí alguém pode até dizer que um automóvel da empresa vale uma fortuna e, por isso, sobra dinheiro para investir em design. Bom, uma caneta BIC custa 1 real e todos a reconhecemos a um quilômetro de distância. Seu formato é um ícone visual admirado por gerações dos melhores profissionais do ramo.


A BIC foi inventada pelo editor húngaro Lászlo Biró em 1928 e comprada em 1950 pelo italiano Marcel Bich, cujo sobrenome batiza a marca. É tão simples e eficiente que foi incluída na coleção permanente do Museum of Modern Art (MOMA), em Nova Iorque.


A MAÇÃ DA APPLE


Um bom logotipo pode economizar anos na jornada de uma empresa rumo ao sucesso. Claro, nenhum desenho faz sucesso sozinho. Porém, juntos, um bom design e um bom produto geram um casamento de muito sucesso. Um excelente exemplo é a história da Apple.


Por que uma maçã mordida? Há dois motivos. Isaac Newton teria elaborado a Teoria da Gravidade ao observar uma maçã caindo de uma árvore. Portanto, ela lembra “conhecimento”. Bem antes do físico inglês, houve o casal Adão e Eva e o desejo que provocou a mordida no fruto proibido. Além disso, mordida, em inglês, é bite, palavra parecida com os bytes da informática.


Quando a ideia surgiu, um dos sócios da Apple criou um logotipo com Newton repousando sob uma macieira enquanto a fruta está prestes a cair da árvore. Mais parecia um rótulo de um xarope contra gripe do século XVII. Será que a Apple teria obtido o mesmo sucesso se o designer Rob Janoff não tivesse sido contratado, jogado no lixo o primeiro desenho e aproveitado a ideia para criar a maçã mordida, um dos maiores símbolos de status dos tempos modernos?


PENSEM NO CONSUMIDOR


A marca e a embalagem são os primeiros contatos do consumidor com o produto. A impressão inicial deve ser como tocar num fio desencapado: um choque energético que atinge cada milímetro do corpo e faz o cérebro guardar para sempre aquela memória. 

SUA MARCA CAUSA ESTE IMPACTO OU É SIMPLESMENTE IGNORADA AO SER VISTA?


Se ao olhar para sua embalagem ou seu logotipo você solta um “ah, tá legal, tá ok”, resolva isso urgentemente. Lembre-se: imagem é tudo...e um pouco mais. No livro The Shape of Design, sobre a influência das formas em nossas vidas (publicado em 2012 nos Estados Unidos e ainda inédito no Brasil), o americano Frank Chimero explica que “as pessoas ignoram o design que as ignora”.


Sua empresa está sendo ignorada pelos clientes? Então é hora de fazer um logotipo campeão!


27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

(11) 98188-5881

Rua Dr. Homem de Melo, 697 - CJ 5033 - Perdizes - São Paulo (SP) - CEP 05007-001

©2015 by Empório do Texto