Buscar
  • Gustavo Gonçalves

Sua empresa tem 3 segundos para dizer a que veio

Atualizado: 15 de Mai de 2019

Não é chute nem manchete de impacto para amedrontar quem tem site ruim. É estatística, é matemática, é levantamento de dados feito pela líder global em computação na nuvem, a Akamai Study, que possui 150 mil servidores espalhados pelo mundo. Segundo um relatório da companhia, 40% das pessoas abandonam um website se ele demorar mais do que 3 segundos para carregar.


Quem não abandonaria? O mundo digital é o da instantaneidade. Queremos velocidade. Exigimos agilidade. Vivemos com pressa. E as possibilidades e caminhos da internet são infinitos, com poucas retas e milhões de curvas que nos levam a novos endereços em um clique. Então, por que esperar? Por que prestigiar uma empresa que não respeita o meu tempo?


ATESTADO DE ÓBITO


Sites ruins parecem uma repartição pública com um balconista e 5 mil clientes na fila. As pessoas odeiam ir a cartórios ou bancos porque sabem que a espera será longa, cansativa e monótona. Numa era em que todas as pessoas estão conectadas pelas redes sociais, todos os filmes estão na Netflix, todos os vídeos estão no Youtube, todos os livros estão na Amazon e todas as respostas do universo estão no Google, você acha que um cliente tem paciência para esperar seu site carregar?



Claro que não! Site não pode ter fila! Separei outra estatística muito interessante. Vem de um levantamento da ComScore, uma empresa de pesquisa de mercado com mais de 3200 clientes em 75 países. Atenção: 88% dos consumidores online alegam menos chance de retornar a um site depois de uma experiência de uso negativa. 88%! Não carregou? Travou? Link não foi encontrado? Para 88% dos internautas, é um atestado de óbito do site.


O SITE PRECISA SER RESPONSIVO!


Já aprendemos que:

1) o site precisa ser rápido!

2) o site precisa ser rápido!

e, finalmente...

3) o site precisa ser rápido!


Sua empresa é uma tartaruga na WEB? Nós transformamos carrinho de rolimã em Fórmula 1, acrescentando à velocidade um design de alto impacto e um conteúdo que não derrapa nas curvas nem em dia de chuva! Mas ainda é hora de falar sobre a quarta lição a ser aprendida: o site precisa ser responsivo.


O que é isso? Um site responsivo funciona com a mesma eficiência em desktops e notebooks e, também, em smartphones e tablets. Acredite: milhões de sites que rodam perfeitamente em computadores tradicionais não são preparados para o ambiente mobile. E onde os jovens que estão entrando no mercado de consumo estão? No celular. E os adultos que já suam a camisa todo dia para sustentar suas casas estão em que dispositivo? Acertou se respondeu c-e-l-u-l-a-r.


O MUNDO É MOBILE


Trouxe mais dois dados muito interessantes divulgados pela ComScore.

A) Para 85% dos adultos, o site mobile de uma empresa precisa ser igual ou melhor do que a versão para desktop;

B) O consumo de internet em smartphones aumentou 78% entre 2013 e 2015.


PEDRA NO MEIO DO CAMINHO


E agora, José? A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, o site caiu e a empresa faliu?

Calma! Ninguém aqui é Carlos Drummond de Andrade, mas todos pulsamos juntos para acabar com a crise de comunicação da sua empresa. Fale com nossos especialistas e entenda o que pode ser feito pelo site da sua empresa. O que foi? Não tem um site ainda? Precisa começar tudo do zero? Conte conosco para dar o pontapé inicial.

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

(11) 98188-5881

Rua Dr. Homem de Melo, 697 - CJ 5033 - Perdizes - São Paulo (SP) - CEP 05007-001

©2015 by Empório do Texto